Multidão presta tributo à memória de Salvador Allende

Cerca de 25 mil pessoas assistiram àprimeira jornada de tributo à memória de Salvador Allende, quereuniu diante do tema "Sonho Existe", 23 artistas do Chile,Argentina, Brasil, México e Índia. O tributo relembrava os 30 anos do golpe militar e a morte doprimeiro presidente socialista a chegar ao poder através do votodemocrático popular. Com um público menor do que o esperado - os organizadoreshaviam anunciado 50 mil pessoas -, a fria noite de sexta-feira ecom chuva forte aqueceu quando apareceu em cena o legendáriogrupo da Nova Canção Chilena, Quilapayun, com seus velhosponchos pretos e cantando o hino da Unidade popular, "O povounido jamais será vencido".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.