Mundo plantou mais de 1 bilhão de árvores em 2007, diz ONU

O mundo superou a meta da Organização dasNações Unidas de plantar 1 bilhão de árvores em 2007, comoforma de conter o aquecimento global, graças especialmente a umenorme projeto florestal na Etiópia, disse na quarta-feira oPrograma Ambiental da ONU. A iniciativa global de arborização, inspirada no trabalhoda ambientalista queniana Wangari Maathai, Prêmio Nobel da Pazde 2004, serve para contrabalançar a devastação provocada pelaextração de madeira e pelas queima das matas para dar espaço àagropecuária. "Uma iniciativa para catalisar a promessa e o plantio de 1bilhão de árvores alcançou e na verdade superou sua marca",disse Achim Steiner, diretor-geral do Programa Ambiental daONU, em nota. O dado inclui as árvores plantadas por governos,empresas e indivíduos. "É mais um sinal do impulso estonteante testemunhado nesteano a respeito do desafio para esta geração -- a mudançaclimática", acrescentou Steiner. As árvores absorvem dióxido de carbono (o principal dosgases do efeito estufa) durante seu crescimento, e por issoreduzem o ritmo do aquecimento global. A ONU disse que a Etiópia é a líder disparada nesseranking, com 700 milhões de árvores plantadas em todo o país.Há alguns séculos, 40 por cento do atual território etíope eracoberto por florestas; atualmente, são apenas 3 por cento. Outros plantadores importantes, segundo o relatório, sãoMéxico (217 milhões de árvores), Turquia (150 milhões), Quênia(100 milhões), Cuba (96,5 milhões), Ruanda (50 milhões), Coréiado Sul (43 milhões), Tunísia (21 milhões), Marrocos (20milhões), Mianmar (20 milhões) e Brasil (16 milhões). A meta de plantar 1 bilhão de árvores foi estabelecida emnovembro passado em Nairóbi, apesar das críticas de que seriaimpossível verificar o total efetivamente alcançado. A meta foideclarada atingida na semana passada, antes, portanto, daimportante conferência climática da ONU dos dias 13 e 14 dedezembro em Bali (Indonésia). "Vocês responderam além dos nossos sonhos", disse Maathai."Agora precisamos manter a pressão e continuar o bom trabalhopelo planeta. Plantem outra árvore hoje para comemorar." China, Guatemala e Espanha devem em breve anunciar novosprojetos para o plantio de milhões de árvores, disse o ProgramaAmbiental da ONU. A Indonésia pretende plantar 80 milhões de árvores em um sódia, antes da conferência de Bali, destinada a iniciar doisanos de debates sobre um tratado climático global que suceda aoProtocolo de Kyoto, a partir de 2012. A ONU diz verificar as promessas de plantação de árvores --que atualmente somam 1,5 bilhão de pés -- a fim de avaliar suaviabilidade, mas sem garantias de que todos os espécimes sejamefetivamente plantados. O Programa Ambiental disse que ostotais ainda estão sendo conferidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.