Mundo relembra vítimas de Hiroshima

Milhares de pessoas em todo o mundo relembraram ontem as 140 mil vítimas da bomba atômica lançada pelos EUA sobre Hiroshima, há 64 anos. No Memorial da Paz de Hiroshima, no Japão, centenas de velas foram acessas. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu que os líderes mundiais renunciem às armas atômicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.