Munique remove 2.500 pessoas e isola área de 300 metros após encontrar bomba da 2ª guerra

Uma estação do metrô no bairro de Schwabing e a Rua Leopoldstrasse, uma das mais movimentadas da cidade, foram fechadas

EFE,

28 de agosto de 2012 | 03h40

BERLIM - Autoridades de Munique, na Alemanha, removeram 2.500 pessoas e isolaram uma área com raio de 300 metros na madrugada desta terça-feira, 28, após uma bomba de 250 quilos ser encontrada em um canteiro de obras no bairro de Schwabing. Uma estação do metrô e a Rua Leopoldstrasse, uma das mais movimentadas da cidade, foram fechadas.

O artefato é renascente da Segunda Guerra Mundial. "A bomba poderia explodir a qualquer momento", disse um porta-voz dos bombeiros. Ele explicou que o detonador estava ativo há mais de 70 anos e uma explosão destruiria o edifício que fica ao lado do canteiro, além de danificar "consideravelmente" outras construções próximas.

Mais de 100 bombeiros e integrantes de equipes de resgate participaram da ação. Equipes antibombas cobriram parte do explosivo com palha e areia para reduzir os efeitos de uma possível detonação e a desativação da bomba será feita em um local especial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.