Murdoch e filho falarão ao Parlamento britânico na terça

O chairman e CEO da News Corp, Rupert Murdoch, e seu filho, o vice-chefe de operações do conglomerado, James Murdoch, vão comparecer na próxima terça-feira a um comitê parlamentar do Reino Unido para responder a questões sobre o escândalo de grampos ilegais envolvendo o News of the World. O tabloide circulou pela última vez no domingo, após a News Corp decidir fechá-lo em meio a novas denúncias sobre o caso.

AE, Agência Estado

14 de julho de 2011 | 13h53

Os Murdochs inicialmente anunciaram hoje que não poderiam comparecer à audiência da terça-feira no Comitê de Cultura, Mídia e Esporte da Câmara dos Comuns. Após a chegada dos convites formais, porém, uma porta-voz da News International confirmou a presença da dupla, que comparecerá junto com a executiva chefe da News International, Rebekah Brooks, que já havia concordado em prestar esclarecimentos.

A News International é o braço empresarial da News Corp que controla a publicação dos jornais do grupo no Reino Unido. A News Corp é proprietária do Wall Street Journal e também da agência Dow Jones.

A deputada Louise Mensch, integrante do comitê, disse estar "absolutamente satisfeita" com a notícia da ida dos Murdochs ao Parlamento. "Este é um primeiro passo positivo no caminho para o completo exame da imprensa neste país", afirmou ela à Sky News. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.