Murdoch tenta conter escândalo em Londres

O magnata australiano Rupert Murdoch chega hoje à Grã-Bretanha com o objetivo de resolver a crise causada pelo escândalo de escutas telefônicas ilegais que levou ao fim do tabloide britânico News of the World. A última edição da publicação circula hoje e traz na capa a mensagem "Obrigado e adeus" (foto). Na sexta-feira, foi detido e solto após fiança Andy Coulson, diretor do jornal entre 2003 e 2007, época em que foram feitas escutas de celebridades e vítimas do terrorismo. Coulson foi porta-voz do premiê David Cameron.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.