Muro na fronteira é inútil, diz chanceler mexicano

O muro de 1.200 quilômetros que os Estados Unidos pretendem construir na fronteira com o México é "uma bobagem que se mostrará inútil", disse na cidade de Monterrey, numa conferência na principal universidade privada do país, o chanceler mexicano, Luis Ernesto Derbez."É uma bobagem, um insulto, que não pode acontecer entre amigos", acrescentou Derbez. Segundo ele, assim que for concluído o muro ao longo dafronteira com o México, os EUA teriam que levantar novas barreiras no litoral e na divisa com o Canadá. Derbez citou números da Câmara Americana de Comércio, que calcula que os EUA precisam de 750 mil trabalhadores temporários por ano.Hoje o México, segundo Derbez, responde por 400 mil deles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.