Museus parisienses reabrem após greve

Museus e monumentos parisienses, incluindo o Louvre e o Arco do Triunfo, reabriram hoje após a greve dos funcionários públicos. Representantes dos sindicatos terão uma reunião com o ministro da Cultura na próxima terça-feira, antes de decidir se realizarão um novo protesto. Alguns funcionários estão descontentes com a forma de implementação de uma lei para reduzir a jornada de trabalho de 39 para 35 horas e pedem a contratação de mais pessoas. Os museus Orsay, Picasso e Rodin - além de várias atrações turísticas parisienses - estiveram fechados nas últimas três semanas devido à greve.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.