Musharraf garante controle do arsenal nuclear paquistanês

Presidente do Paquistão cria órgão para determinar pesquisas, produção e uso de tecnologia nuclear

Efe,

14 de dezembro de 2007 | 10h33

O presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, colocou nesta sexta-feira, 14, sob seu controle direto o arsenal nuclear do país, com a promulgação de uma ordenança que estabelece a Autoridade Nacional de Comando. Musharraf será o presidente do órgão, enquanto o primeiro-ministro desempenhará o cargo de vice-presidente, e haverá representação de outros ministros e dos comandantes principais do Exército. Uma fonte oficial disse que o propósito principal da Autoridade Nacional de Comando é colocar sob seu controle a pesquisa, o desenvolvimento, a produção e o uso das tecnologias aeroespacial e nuclear. A segurança dos arsenais nucleares paquistaneses gerou preocupação nos últimos meses, devido ao crescente poder dos fundamentalistas no Paquistão. O país se encontra em estado de exceção desde 3 de novembro devido, segundo Musharraf, à deterioração da lei e da ordem e à ingerência do Poder Judiciário nos trabalhos do governo.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoPervez Musharraf

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.