Musharraf passa mal a caminho do tribunal

Um policial paquistanês informou que o ex-presidente do país Pervez Musharraf foi levado às pressas para o hospital, após ter se sentido mal quando estava a caminho do tribunal, onde ele participaria de uma audiência. Musharraf é acusado de alta traição.

Agência Estado

02 de janeiro de 2014 | 08h22

O vice inspetor Jan Mohammed disse que Musharraf foi levado ao Instituto de Cardiologia das Forças Armadas, que fica na cidade de Rawalpindi.

A audiência desta quinta-feira seria a terceira do caso à qual Musharraf deixa de comparecer. Ele não compareceu às duas anteriores, uma delas marcada para ontem, em razão de ameaças de bomba.

Musharraf assumiu o poder em 1999 após um golpe militar, mas foi forçado a deixar o cargo em 2008. Após quatro anos de autoexílio em Londres, ele voltou ao país em março com a expectativa de participar das eleições, mas em vez disso se tornou alvo de uma série de processos judiciais.

O caso por traição é o mais grave até agora aberto contra o ex-presidente. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoMusharrafsaúdeaudiência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.