Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Myanmar rejeita apelação contra prisão de Suu Kyi

Um tribunal do regime militar de Myanmar rejeitou a mais recente tentativa da líder oposicionista Aung San Suu Kyi para obter a liberdade, negando a apelação com que ela buscava o fim da prisão domiciliar. "Vamos recorrer ao tribunal superior", disse Nyan Win, advogado de Suu Kyi e um dos líderes da Liga Nacional pela Democracia.

AE-AP/DOW JONES, Agencia Estado

02 de outubro de 2009 | 03h29

Ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 1991, Suu Kyi tinha entrado em agosto com recurso contra sua condenação por ter violado os termos do período anterior de prisão domiciliar. Mas o tribunal da Divisão de Yangon decidiu contra a apelação nesta sexta-feira.

Presa durante cerca de 14 dos últimos 20 anos, Suu Kyi foi condenada em agosto a outros 18 meses de prisão domiciliar por ter abrigado em sua casa um norte-americano, durante dois dias, em maio. O norte americano, John Yettaw, foi condenado a sete anos de trabalhos forçados, mas o regime decidiu libertá-lo depois que senador Jim Webb visitou Myanmar. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
MyanmartribunalSuu Kyi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.