Ivan Pisarenko/AFP
Ivan Pisarenko/AFP

Na Argentina, milhares saem às ruas contra aborto legal

Manifestação foi convocada por igrejas evangélicas; pastores organizaram vigílias

O Estado de S.Paulo

04 Agosto 2018 | 19h46

Milhares de pessoas protestaram ontem em Buenos Aires contra a descriminalização do aborto, em uma manifestação convocada por igrejas evangélicas, às vésperas da votação no Senado do projeto de lei aprovado na Câmara em junho. A discussão do projeto na Câmara Alta do Parlamento está marcada para a quarta-feira, 8. 

Segundo o jornal Clarín, o ato organizado diante do Obelisco da avenida 9 de julio, tradicional ponto de protesto no país, foi o maior dos últimos anos. Pastores evangélicos organizaram vigílias e orações para que a lei não passe.  Em junho, a Câmara aprovou o projeto com apenas 4 votos de vantagem para o não. O presidente Maurício Macri, contrário à proposta, disse que não pretende vetá-la. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Argentina [América do Sul] aborto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.