Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Na Bolívia, iniciativa não teve sucesso

O governo da Bolívia assinou em 1998 uma série de acordos com os Estados Unidos que também tinham como objetivo erradicar o cultivo de folhas de coca no país. O plano americano previa o envio de ajuda financeira aos cocaleiros para incentivar a substituição de cultivos.

Renata Miranda, O Estadao de S.Paulo

21 de março de 2010 | 00h00

No entanto, a iniciativa não teve tanto sucesso como a adotada em Tocache, no Peru.

"Os projetos na Bolívia não deram certo porque não contemplavam a organização e a instrução das comunidades", disse Jochen Wiese, responsável técnico pelos programas de desenvolvimento alternativo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

"Não podemos esquecer que na Bolívia também há o fator político porque o presidente Evo Morales é muito ligado ao movimento cocaleiro." O relatório sobre drogas da ONU divulgado no ano passado indicou que o cultivo de folhas de coca na Bolívia aumentou em 6%, principalmente das regiões de Yungas, La Paz e Chapare.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.