Na Colômbia, McCain cumprimenta governo por libertação de reféns

O candidato republicano àPresidência dos Estados Unidos, John McCain, comemorou naquarta-feira a libertação de 15 reféns que estavam em poder dasFarc após operação das Forças Armadas da Colômbia. O governo colombiano anunciou o resgate de IngridBetancourt, três norte-americanos e 11 membros do Exército e dapolícia que eram reféns das Forças Armadas Revolucionárias daColômbia. McCain recebeu a notícia da libertação dos reféns enquantoviajava de Cartagena, na Colômbia, ao México. Um porta-voz disse a jornalistas no avião em que McCainviajava que na noite de terça-feira, o presidente da Colômbia,Alvaro Uribe, e o ministro da Defesa colombiano disseram aopré-candidato e a dois senadores que estavam com ele que haviaplanos para a operação na quarta-feira. "Os três senadores querem felicitar o governo colombianopela exitosa libertação dos reféns", disse a jornalistas umaporta-voz de McCain a bordo do avião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.