Na Espanha, Parlamento da Catalunha aprova soberania

O Parlamento da região da Catalunha, na Espanha, aprovou hoje uma declaração de soberania, o primeiro marco em um cronograma estabelecido por partidos nacionalistas para que seja realizado um referendo em 2014 sobre a independência da região.

AE, Agência Estado

23 de janeiro de 2013 | 16h25

Na primeira sessão integral do Parlamento após as eleições regionais de 25 de novembro do ano passado, a declaração foi aprovada com 85 votos favoráveis, dos 135 assentos da Casa. O projeto sobre a soberania havia sido apresentado pelos partidos Convergència i Unió (CiU) e Esquerda Republicana Catalã (ERC), que conseguiram o apoio de 14 votos de bancadas menores.

Entretanto, no que foi considerada uma derrota para o presidente da região da Catalunha, Artur Mas, 15 dos 20 deputados do Partido de los Socialistas de Cataluña (PSC) votaram contra a declaração de soberania. Antes da votação, Mas havia dito que essa era uma ocasião de "importância histórica" e que "embora não resolva tudo em 24 horas, vai levar o país para onde a maioria quer".

No projeto aprovado hoje o Parlamento regional cita "a vontade de se autogovernar" do povo catalão. Foi aprovada uma "soberania política e legal, sujeita a razões de legitimidade democrática". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaCatalunhaSoberania

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.