Na Grécia, Abbas pede fim de sanções contra palestinos

Após um anos de sanções econômicas contra o governo palestino, o presidente Mahmoud Abbas pediu a retirada do embargo para que a população consiga reverter a situação trágica em que vive."Se a comunidade internacional quer nos ajudar, precisa suspender sanções para que voltemos à viver normalmente", afirmou Abbas em conversa com o primeiro-ministro da Grécia, Costas Karamanlis."Todos reconhecem que a paz no Oriente Médio e a resolução do caso entre palestinos e israelenses pode resolver problemas no mundo todo", continuou o presidente palestino. "Estamos pedindo que estas sanções sejam suspensas. O povo palestino já sofreu muito no passado por causa deste bloqueio e estão vivendo sob trágicas condições", acrescentou Abbas.A visita de três dias de Abbas à Grécia faz parte de um tour à sete países europeus. Ele ainda se encontrou com o presidente grego, Karolos Papoulias. A Grécia tradicionalmente realiza negociações com palestinos e árabes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.