Na Grécia, Karolos Papoulias é reeleito presidente

O Parlamento da Grécia reelegeu hoje Karolos Papoulias para um segundo mandato de cinco anos como presidente do país. Advogado de formação, o líder de 80 anos goza de amplo apoio público e era candidato único. Ele obteve votos de parlamentares de quase todo o espectro político grego. Dos 298 deputados que participaram da sessão, 266 votaram em Papoulias. Somente os comunistas e a esquerda radical se abstiveram de votar.

AE, Agencia Estado

03 de fevereiro de 2010 | 10h25

A eleição ocorre em um momento no qual o primeiro-ministro George Papandreou implementa medidas de austeridade para fazer frente a uma grave crise, entre elas o congelamento dos salários dos funcionários públicos, a elevação da idade de aposentadoria e o aumento do preço dos combustíveis.

Na Grécia, o posto de presidente é amplamente cerimonial e os poderes do chefe de Estado são limitados. Antes de ser eleito presidente pela primeira vez em 2005, Papoulias foi deputado de 1977 a 2000 e esteve à frente da chancelaria grega em duas ocasiões nas décadas de 1980 e 1990. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaeleiçãopresidenteParlamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.