Na Itália, vulcão de Ischia pode entrar em erupção

O vulcão de Ischia, que fica na ilha de mesmo nome na baía de Nápoles, na Itália, poderá entrar em erupção, alertou hoje o chefe da agência de proteção civil da Itália, Guido Bertolaso. Segundo ele, embora o Vesúvio, também muito perto de Nápoles, seja considerado o vulcão mais perigoso do país, na realidade o vulcão de Ischia não entra em erupção há 700 anos e experimenta atualmente um acúmulo de magma.

AE-AP, Agência Estado

27 de abril de 2010 | 19h34

"A câmara de magma de Ischia está se enchendo", afirmou Bertolaso, afirmando que nenhuma erupção é iminente. De acordo com ele, uma erupção do vulcão de Ischia seria "pior que uma nova erupção do Vesúvio", porque o Ischia está mais cheio de lava. O Vesúvio entrou em erupção pela última vez em 1944. A ilha de Ischia fica a 30 quilômetros de Nápoles, na extremidade norte da baía napolitana.

Uma nova erupção do Vesúvio seria um pesadelo para os planejadores italianos, uma vez que cerca de 500 mil pessoas vivem nas imediações do vulcão, na área metropolitana de Nápoles, das quais 150 mil em moradias irregulares. Uma erupção do Vesúvio poderia levar à retirada de quase 1 milhão de pessoas, estimou Bertolaso.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliavulcãoIschiaerupção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.