Na Líbia parlamento remove primeiro-ministro do cargo

Parlamentares aprovaram voto de não-confiança contra Mustafa Abushagur, recém-eleito premiê do país

Agência Estado

07 de outubro de 2012 | 16h05

O parlamento líbio aprovou um voto de não-confiança contra o recém-eleito primeiro-ministro do país, Mustafa Abushagur, removendo-o do cargo. Abushagur tinha até este domingo para formar um gabinete, mas sua lista inicial de ministros foi criticada por não apresentar diversidade suficiente.

Abushagur foi o primeiro premiê eleito no país após a queda de Muamar Kadafi, no ano passado. A moção de não-confiança foi aprovada pelo Congresso Nacional Geral com 125 votos a favor E 44 contra. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.