Na Nicarágua, oposição rejeita ideia de reeleição

Parlamentares de oposição ao presidente nicaraguense, Daniel Ortega, protestaram ontem contra qualquer reforma constitucional que abra o caminho para a reeleição na Nicarágua. No domingo, Ortega havia defendido uma mudança na Carta que permitisse aos eleitores reeleger ou depor presidentes e prefeitos na Nicarágua por meio de consultas populares."A reeleição não deve valer para ninguém. Aqui (na Nicarágua) as reeleições só trouxeram tragédias para o povo", disse o parlamentar dissidente Enrique Saenz. A Constituição nicaraguense proíbe a reeleição, mas não impede que um presidente volte a ocupar o cargo em mandatos alternados. Para mudar a Carta, os governistas teriam de obter os votos de pelo menos mais 11 parlamentares, além dos 47 que atualmente compõem sua base aliada na Assembleia Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.