Na ONU, Bush pede "ajuda de amigos" ao Iraque

O presidente dos Estados Unidos discursou na Assembléia Geral da ONU nesta terça-feira e pediu ajuda internacional para a reconstrução do Iraque. Falando logo após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Bush disse aos chefes de estado que o Iraque ?precisa da ajuda de amigos?. ?Este processo deve se desenvolver a partir das necessidades dos iraquianos - nem apressado nem atrasado pelas vozes de outras partes?, disse Bush, numa menção clara aos pedidos da França e outros países para que os EUA deixem o poder no Iraque para o povo do país. O presidente americano disse também que o papel da ONU no Iraque, outra reivindicação da comunidade internacional, deve ser o de redigir uma constituição, treinar funcionários públicos e conduzir eleições livres. Ele também repetiu o discurso contra as armas de destruição em massa, motivo principal da guerra contra o Iraque que, até o momento, revelou-se inexistente. ?A combinação mortal de regimes fora da lei, redes de terror e armas de assassinato em massa é um perigo que não pode ser ignorado?, disse Bush.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.