Na ONU, Santos faz chamado à paz com as Farc

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, fez nesta terça-feira um chamado à paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

AE, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 17h48

"Espero que a guerrilha entenda que chegou o momento de deixar para trás esta confrontação de 50 anos, que chegou o momento de trocar as balas pelos votos, as armas pelos argumentos, que é chegada a hora de continuar sua luta pela democracia", declarou Santos em seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, proferido na tarde desta terça-feira.

"É a hora de tomarmos decisões. Se sairmos com as mãos vazias, condenaremos nosso país a muitos anos mais de sangue e dor", prosseguiu.

O chamado de Santos ocorre em um momento no qual governo e guerrilha negociam um acordo para pôr fim a meio século de conflito na Colômbia. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.