Matt Sullivan/Reuters
Matt Sullivan/Reuters

Na reta final, Obama e Romney cortejam Estados indecisos nos EUA

Pesquisas apontam empate técnico entre os candidatos, com estreita vantagem do democrata

AE, Agência Estado

05 de novembro de 2012 | 09h37

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu desafiante na disputa pela Casa Branca, Mitt Romney, estão no último dia de uma campanha acirrada empenhando os esforços finais no cortejo a eleitores de Estados ainda indecisos, especialmente Ohio.

O sistema eleitoral norte-americano é decidido por um Colégio Eleitoral, e não pelo voto direto. Com isso, Estados que não têm tradição de votar sempre no mesmo partido acabam ganhando mais importância na reta final de campanha. E Ohio é considerado um dos chamados "swing states".

Enquanto o democrata Obama passa por Wisconsin e Iowa, o republicano Romney percorre a Flórida, Virgínia e New Hampshire. Mas ambos devem encerrar a campanha nesta segunda-feira, 5, em Columbus, capital de Ohio.

Empate

Com as pesquisas nacionais de intenção de voto apontando empate técnico entre Obama e Romney, analistas alertam para a possibilidade de se repetir este ano o que ocorreu em 2000, quando o democrata Al Gore venceu no voto popular, mas o republicano George W. Bush angariou maioria no Colégio Eleitoral. Obama lidera as intenções de voto em Estados como Iowa, Wisconsin e Ohio, o que o favorece nas projeções de votos no Colégio Eleitoral.

A última pesquisa NBC/Wall Street Journal atribui 48% das intenções de voto em Obama e 47% para Romney, com margem de erro de 2,55 pontos porcentuais para mais ou para menos. A sondagem final do Centro de Pesquisas Pew mostra Obama com 48% e Romney com 45%, com margem de erro de 2,2 pontos porcentuais, e sugere que o presidente teria se beneficiado da forma como reagiu à passagem da supertempestade Sandy.

Enquanto isso, uma projeção da Associated Press para os votos no Colégio Eleitoral dava como garantidos 249 votos para Obama e 206 para Romney, deixando 83 votos em disputa nos Estados de Colorado, Flórida, Ohio, New Hampshire, Virgínia e Wisconsin. Nos EUA, vence a eleição presidencial o candidato que obtiver 270 votos no Colégio Eleitoral.

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.