Na Venezuela, Chávez diz que 'Deus é bolivariano'

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou ter um plano para superar a atual crise de energia no país. Segundo o jornal colombiano El Espectador, haverá também ajuda divina para combater o problema: "Porque Deus é bolivariano", garantiu o líder venezuelano.

AE, Agencia Estado

10 de março de 2010 | 15h23

Chávez tratou do tema na noite de ontem, durante um evento com esportistas. Ele recomendou também que se economize energia e anunciou a instalação de termelétricas para lidar com a carência energética.

Chávez garantiu, segundo o site do jornal colombiano, ter fé em que chegarão as chuvas em breve ao país, bastante dependente da energia hidrelétrica, que representa 70% da produção energética nacional.

"Os esquálidos (oposicionistas) estão querendo que não chova. Mas vai chover mais, compadre, tu vais ver, porque Deus é bolivariano, Deus não pode ser esquálido. A natureza está por nós", garantiu Chávez.

O líder venezuelano afirma ser artífice de uma revolução socialista no país, inspirada em Simón Bolívar, herói da independência latino-americana. A Venezuela mudou seu nome oficial para República Bolivariana da Venezuela.

Chávez garantiu que os investimentos estão sendo feitos para combater a falta de energia. Enquanto o problema não se resolve, ele sugeriu uma "dieta elétrica" à população.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaHugo ChávezDeusbolivariano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.