Na volta dos moradores, EUA bombardeiam Faluja

Fuzileiros navais americanos entraram em choque com rebeldes em Faluja. Aviões derrubaram bombas e tanques dispararam contra supostas posições da guerrilha. Houve mortes em ambos os lados, no mesmo dia em que 200 moradores retornaram à cidade.O plano das autoridades era permitir o retorno de 2.000 pessoas - a primeira onda de dezenas de milhares de refugiados que deixaram a cidade em meio à sangrenta invasão promovida pelos EUA para desalojar os rebeldes que usavam Faluja como base. No entanto, apenas 200 fizeram a viagem.Autoridades americanas celebraram a ofensiva sobre Faluja como uma grande vitória, mas acredita-se que muitos guerrilheiros tenham fugido durante o combate e agora estejam semeando a violência em outras partes do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.