FETHI BELAID/AFP
FETHI BELAID/AFP

Não há brasileiros entre vítimas de atentado na Tunísia, diz Itamaraty

Embaixada chegou a ser notificada da possibilidade, mas hipótese foi descartada depois de visita de diplomatas a hospital de Túnis

O Estado de S. Paulo

18 Março 2015 | 18h17

 O Itamaraty informou nesta quarta-feira, 18, que não há brasileiros entre os mortos no atentado ao Museu Bardo de Túnis, capital da Tunísia. A embaixada  em Túnis  chegou a ser notificada da possibilidade de uma das vítimas ser brasileira, mas depois de uma visita de representantes diplomáticos ao Hospital Charles Nicolle, que recebeu os mortos no ataque, essa chance foi descartada. 

" Não há brasileiros entre as vítimas nem entre os feridos que portavam alguma documentação", informou o Itamaraty por meio de nota."

O Encarregado de Negócios também esteve no porto de Túnis para verificar se haveria brasileiros, nos cruzeiros atracados, que não teriam retornado hoje. Não há brasileiros ausentes nos dois cruzeiros de onde procedem as vítimas estrangeiras identificadas."

Ainda de acordo com o ministério das Relações Exteriores, a  Embaixada do Brasil em Túnis mantém contato com as autoridades locais e com o hospital para ser imediatamente notificada de qualquer fato novo. O atentado deixou 20 turistas e dois atiradores mortos.  / LUIZ RAATZ

Mais conteúdo sobre:
terrorismo Tunísia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.