Não há mais surto de Ebola em Senegal, diz OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou nesta sexta-feira o fim do "surto" de ebola em Senegal. A entidade elogiou os esforços do país, que conseguiu controlar a transmissão do vírus.

Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2014 | 15h41

Em comunicado, a OMS lembrou que só houve apenas um caso confirmado no país, no último dia 29 de agosto, de um jovem que viajava de Guiné para a capital senegalesa, Dacar. Ele se locomovia por estradas e, no trajeto, teve contato com uma pessoa infectada com Ebola.

A organização disse ainda que Senegal é "um bom exemplo do que se deve fazer quando se enfrenta um caso de ebola vindo de outro país". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SenegalebolaOMS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.