Não há sobreviventes em queda de avião na maior cidade da Nigéria

Aeronave da Dana Airlines se chocou contra prédio em Lagos; governo confirma 153 mortes

estadão.com.br - Texto atualizado às 20h20,

03 de junho de 2012 | 13h21

LAGOS - Um avião comercial caiu neste domingo, 3, em um prédio no centro comercial de Lagos, a maior cidade da Nigéria, disseram testemunhas e serviços de emergência. Não houve sobreviventes na queda. O governo da Nigéria emitiu um comunicado em que decratava 3 dias de luto oficial pelas mortes e confirmava que o voo tinha 153 passageiros.

Segundo Harold Denuren, chefe da Autoridade de Aviação Civil nigeriana, ainda não é possível precisar a quantidade de pessoas que estavam na aeronave. O avião era da companhia aérea Dana Airlines e vinha da capital Abuja em direção a Lagos.

Joseph Jaiyeoba, porta-voz da polícia de Lagos, afirmou que a queda da aeronave aconteceu no bairro de Iju, próximo ao aeroporto local, onde grande parte da população da cidade se concentra.

Testemunhas afirmaram que viram o avião explodir em chamas, depois de cair em um prédio. Logo após o acidente, equipes de emergência foram enviadas ao local para resgate.

O porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Emergências da Nigéria (NEMA), Yushua Shuaib, confirmou que a agência foi alertada para o acidente de avião na região. Tony Usidamen, porta-voz da Dana, também confirmou um acidente. Ele disse que um dos aviões da empresa caiu, mas não forneceu mais detalhes. "Perdemos o contato com a aeronave. Vamos emitir um comunicado oficial", declarou.

Com Reuters, AFP e Agência Estado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.