Nasa rejeita teoria de problema em isolante do Columbia

A Nasa, agência espacial americana, afirmou que descarta a teoria de que uma espuma isolante caída de um tanque externo durante o lançamento do Columbia seria a causa do acidente com o ônibus espacial, no último sábado.Ron Dittemore, diretor do programa espacial da Nasa, apresentou na noite de quarta-feira uma série de informações para contestar a hipótese de que a peça teria provocado o desastre.Em uma entrevista coletiva no Centro Espacial Johnson, no Texas, Dittemore disse acreditar que o acidente foi provocado por algum outro problema."Não faz sentido para nós que uma peça desse tipo possa ser a causa da perda do Columbia e de sua tripulação", afirmou o diretor da Nasa. "Tem que haver uma outra razão." Dittemore declarou que os responsáveis pela investigação do acidente estudaram imagens do lançamento do ônibus espacial e do momento em que a espuma isolante atinge a asa do veículo.De acordo com o diretor, a análise indicou que o incidente não provocou nenhum dano relevante no Columbia.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.VEJA O ESPECIAL

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.