Nasa testa foguete para possível volta à lua

A Nasa lançou hoje o foguete experimental Ares I-X em um teste. A ação é vista como o primeiro passo no programa que pode resultar na volta de um astronauta à lua. O foguete Ares I-X tem 100 metros de altura. Anteontem, o lançamento havia sido atrasado pelo tempo ruim. O teste, ao custo de US$ 445 milhões, não incluía ninguém a bordo.

AE-AP, Agencia Estado

28 de outubro de 2009 | 17h59

O teste é o primeiro passo no esforço da Nasa para levar astronautas de volta à lua. A Casa Branca, apesar disso, está reavaliando seu programa espacial com astronautas e pode desistir dessa iniciativa em prol de outro tipo de foguete e possivelmente de outro destino.

A Nasa estima que o Ares I-X poderá levar astronautas à Estação Espacial Internacional em 2015, quatro ou cinco anos depois de a agência aposentar os ônibus espaciais. Porém, um comitê de especialistas afirmou, em um relatório para o presidente Barack Obama na semana passada, que isso pode ocorrer só em 2017 e também que faltam fundos para a iniciativa.

Independentemente do que ocorrer, os especialistas garantem que o teste experimental de hoje ensinará muito, inclusive para o eventual uso de outro tipo de foguete. O lançamento balístico, como esperado, não chegou nem perto do espaço e durou apenas dois minutos. Partes do foguete seriam recolhidas no Atlântico por navios encarregados dessa missão.

Tudo o que sabemos sobre:
espaçoluafogueteNasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.