Naufrágio deixa 38 mortos no litoral de Cuba

Guardas de fronteiras da ilha encontraram os restos da embarcação a cerca de 100 metros a leste de Ponta Maisí

Efe,

25 de dezembro de 2011 | 08h17

HAVANA - Pelo menos 38 pessoas morreram e 87 foram resgatadas no sábado, 24, após o naufrágio de uma embarcação de emigrantes haitianos na costa leste de Cuba, informou a televisão estatal cubana.

Segundo uma nota divulgada pelo Estado-Maior Nacional da Defesa Civil de Cuba, guardas de fronteiras da ilha encontraram os restos da embarcação a cerca de 100 metros a leste de Ponta Maisí, no extremo da província oriental de Guantánamo.

Os trabalhos de busca e resgate das forças cubanas permitiram encontrar até o momento 38 corpos de 21 homens e 17 mulheres.

Além disso, foram salvas 87 pessoas, delas 80 homens e sete mulheres.

Dentro do grupo dos resgatados com vida quatro são menores que atualmente recebem atenção em um acampamento internacional de imigrantes em Ponta Maisí.

"Forças combinadas da Cruz Vermelha cubana e as autoridades locais continuam a busca, o resgate e salvamento na área", acrescenta a nota.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágiocubaembarcação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.