Naufrágio em Bangladesh deixa pelo menos 31 mortos

Embarcação foi atingida por navio cargueiro; há mais de 150 pessoas desaparecidas

Efe,

13 de março de 2012 | 02h58

Texto atualizado às 9h45.

 

NOVA DÉLHI - Mais de 150 pessoas estão desaparecidas e pelo menos 31 morreram após uma embarcação naufragar durante a madrugada desta terça-feira, 13, no rio Meghna, no centro de Bangladesh, informou uma fonte policial à Agência Efe.

 

Veja imagens do resgate:

 

 

O naufrágio ocorreu no distrito de Monshignj, segundo o superintendente de Polícia distrital Shafiqul Islam, que acrescentou que pelo menos 35 pessoas conseguiram nadar até a margem. Segundo a imprensa local, entre 250 e 300 passageiros viajavam na embarcação, o MV Shariatpur-1, que se dirigia à capital do país, Daca, quando foi atingida por um navio cargueiro.

 

De acordo com Islam, esses dados se baseiam por enquanto em estimativas, e a polícia abriu uma investigação enquanto prosseguem os trabalhos de resgate em águas do Meghna. "Ainda não pudemos localizar o navio que naufragou. Minha estimativa é que há mais de 100 desaparecidos, talvez 150, mas isto ainda pode variar. A verdade é que há poucas chances de encontrá-los com vida", afirmou o superintendente.

 

O transporte fluvial é primordial para a economia de Bangladesh, um país com grandes rios e canais cuja superfície se encontra quase ao nível do mar. O mau estado dos navios e as insuficientes medidas de segurança são motivo frequente de acidentes. Segundo dados da Autoridade Nacional de Transporte de Águas Fluviais em Bangladesh, 4.047 pessoas morreram em 396 acidentes nos rios do país entre 1977 e 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.