Naufrágio na Líbia deixa 200 desaparecidos

Pelo menos 21 pessoas morreram e centenas estão desaparecidas após o naufrágio na costa da Líbia de uma embarcação que levava 253 imigrantes ilegais para a Europa, informou um funcionário do Ministério do Interior líbio.A Guarda Costeira da Líbia resgatou 23 sobreviventes, entre eles 6 egípcios, e teme-se que as outras pessoas a bordo tenham morrido. "Três embarcações partiram domingo à noite de Sidi Belal (subúrbio da capital, Trípoli). Uma afundou e não sabemos se as outras conseguiram chegar a seu destino e quantas pessoas estavam a bordo", disse o funcionário. De acordo com sobreviventes, começou a entrar água no pesqueiro menos de quatro horas após eles terem partido da Líbia rumo à Sicília.No Cairo, o assistente para assuntos consulares do Ministério de Relações Exteriores do Egito, Ahmed Rizk, disse que no pesqueiro que naufragou havia 16 egípcios.Um outro barco, com 342 imigrantes ilegais a bordo, ficou à deriva perto da costa líbia, mas todos seus ocupantes foram resgatados por um cargueiro italiano.A Líbia, um popular ponto de partida para africanos que querem chegar à Europa, assinou em fevereiro um acordo com a Itália para ampliar os esforços para conter a imigração ilegal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.