Naufrágio nas Filipinas deixa pelo menos 39 mortos

Frágil barco de madeira levava 119 pessoas; não houve tempo para pegar coletes salva-vidas

EFE

04 de novembro de 2008 | 10h08

Pelo menos 39 pessoas - entre elas três crianças - morreram e outras quatro estão desaparecidas, depois que um frágil navio de madeira com 119 passageiros a bordo naufragou hoje no leste das Filipinas, informaram fontes policiais nesta terça, 4. O naufrágio ocorreu próximo ao litoral da ilha de Masbate, a 420 quilômetros ao sudeste da capital Manila e onde as equipes de salvamento recuperaram 76 sobreviventes, segundo o superintendente Rubén Sindac, chefe da Polícia local. Sindac explicou que a embarcação de madeira recebeu o impacto de um forte vendaval pouco após zarpar do porto de Dimasalang, a cerca de cinco quilômetros do litoral. A bordo do navio, havia coletes salva-vidas, mas não houve tempo para alcançá-los, enquanto os pescadores da região se somaram aos trabalhos de busca dos desaparecidos, acrescentou. Há cinco meses, um ferry boat com mais de 800 passageiros, dos quais somente 56 sobreviveram, afundou por causa de um tufão no centro das Filipinas, no acidente marítimo mais grave ocorrido desde dezembro de 1987. Nessa data, cerca de 4.400 pessoas morreram no sul do país depois de a nave "Dona Paz" se chocar contra um petroleiro. As Filipinas sofrem centenas de naufrágios a cada ano por problemas meteorológicos, falta de medidas de segurança e sobrecarga de passageiros, em um vasto arquipélago de precária infra-estrutura onde em muitos lugares só é possível chegar de barco.

Tudo o que sabemos sobre:
NaufrágioFilipinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.