Nave Atlantis inicia última missão de reparo do Hubble

O ônibus espacial Atlantis partiu hoje de Cabo Canaveral, no Estado norte-americano da Flórida, levando a bordo uma tripulação de sete astronautas para a última viagem de manutenção do telescópio Hubble, que está na órbita da Terra, a aproximadamente 560 quilômetros de altitude. A expectativa é de que o Atlantis chegue ao Hubble na quarta-feira. A missão de reparo ocorre sete meses depois da previsão inicial.

AE-AP, Agencia Estado

11 de maio de 2009 | 16h52

A Agência Aeroespacial Norte-Americana (Nasa, na sigla em inglês) espera que a missão de reparo leve o célebre telescópio a um novo ápice científico. Os astronautas levarão ao Hubble instrumentos científicos, peças de reposição e baterias que deverão manter o equipamento operando por mais dez anos. O ônibus espacial Endeavour está posicionado em um uma base de lançamento próxima, preparado para uma missão de resgate, caso seja necessário.

Tudo o que sabemos sobre:
ciênciaespaçoAtlantisHubbleEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.