Nave espacial russa aterrissa no Casaquistão

A nave espacial russa com três pessoas a bordo, entre elas o turista espacial Charles Simonyi, aterrissou em segurança hoje no Casaquistão, disseram funcionários. A cápsula Soyuz pousou cerca de três horas depois de deixar a estação espacial internacional. A nave desceu de paraquedas e atingiu o solo fazendo subir uma grande nuvem de poeira. Funcionários espaciais russos e norte-americanos, além de parentes dos tripulantes da Soyuz, aplaudiram quando a aterrissagem foi anunciada no Controle da Missão Russa, em Korolyov, ao norte de Moscou.

AE-AP, Agencia Estado

08 de abril de 2009 | 15h39

Após 20 minutos da aterrissagem, Simonyi, o russo Yuri Lonchakov e o norte-americano Michael Fincke foram retirados da cápsula, ainda amarrados a seus assentos, e sob sol forte, levados para as primeiras avaliações médicas. Os três sorriram, fizeram sinal de positivo com os polegares para as câmeras e comeram maçãs antes de embarcarem nos helicópteros que os aguardavam.

Tudo o que sabemos sobre:
CasaquistãoRússiaSoyuz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.