Nave que ajudará a derrubar Mir decola

Uma nave espacial russa decolou nesta quarta-feira em uma missão destinada a aclopar com a estação espacial Mir e forçá-la a descer até a atmosfera terrestre, para ser destruída. A nave Progress M1-5, não-tripulada, que levava o dobro da quantidade de combustível habitual, foi lançada às 7h28, pelo horário de Moscou (2h28 em Brasília), do cosmódromo de Baikonur, na ex-república soviética do Casaquistão, informou a porta-voz do controle de missão, Vera Medvedkova.O foguete entrou em órbita 12 minutos após a decolagem. De acordo com Medvedkova, a nave deverá acoplar com a Mir, de 140 toneladas, no sábado. A cota adicional de combustível levada pela Progress será utilizada para ativar os motores da Mir e trazer a estação orbital russa em direção à Terra, para em seguida ser destruída e derrubada numa área remota do Oceano Pacífico.A destruição da Mir está agendada, em princípio, para 6 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.