Nave russa decola para estação espacial internacional

Uma nave russa com um norte-americano e dois russos a bordo partiu nesta segunda-feira das estepes cheias de neve do Casaquistão em um lançamento impecável, que aliviou a ansiedade e os temores sobre o futuro dos programas espaciais de Rússia e Estados Unidos.

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2011 | 10h09

A Soyuz TMA-22 decolou como programado às 8h14 (hora local) desta segunda-feira do Cosmódromo Baikonur, um terreno arrendado da Rússia ao Casaquistão. A espaçonave leva o astronauta da Nasa Dan Burbank e os russos Anton Shkaplerov e Anatoly Ivanishin, em uma missão para a Estação Espacial Internacional (EEI).

O lançamento havia sido adiado por dois meses, porque a espaçonave de carga Progress, não tripulada, havia se acidentado em agosto. O acidente gerou dúvidas sobre as missões futuras, pois o foguete que explodiu usava o mesmo propulsor da Soyuz.

Funcionários do programa espacial russo concluíram que a falha ocorreu por um defeito "acidental" de fabricação. Espera-se que o trio chegue a tempo de manter a estação espacial tripulada. Com eles, haverá seis pessoas na EEI. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.