Navio argelino recolhe 22 emigrantes clandestinos à deriva

Grupo será processado por tentativa de abandonar o país de forma ilegal

Agencia Estado

18 Junho 2007 | 11h59

Um navio argelino recolheu em alto mar na noite da segunda-feira, 11, 22 jovens que tentavam chegar clandestinamente à Itália e cuja embarcação se encontrava à deriva devido a uma avaria do motor, informou nesta quarta, 13, o jornal Liberté.O navio argelino Tariq Ibn Ziad, que faz a rota entre Argel e Marselha, socorreu os náufragos. Eles estavam há três dias sem poder reparar o motor de sua embarcação.Os emigrantes clandestinos foram levados a Argel, onde receberam assistência médica. Eles serão processados por tentativa de abandonar o país de forma ilegal.Os jovens, todos eles argelinos, tinham partido da costa d Dellys, a leste de Argel, com a intenção de chegar a uma das ilhas italianas do canal da Sicília.A Guarda litorânea informou a detenção de outros 19 emigrantes clandestinos que na terça-feira tentaram deixar o país em duas pequenas embarcações.

Mais conteúdo sobre:
Argéliaimigrantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.