Navio com 27 pessoas desaparece na Indonésia

Salju Emas zarpou na segunda-feira à tarde do porto de Malasembu, em direção a Gresnik

Efe,

17 de janeiro de 2008 | 01h40

Uma embarcação com pelo menos 27 pessoas a bordo desapareceu em frente a costa da ilha de Madura, na região central da Indonésia, informaram nesta quinta-feira, 17, fontes oficiais. O Salju Emas zarpou na segunda-feira à tarde do porto de Malasembu, em direção a Gresnik. Mas ainda não tinha chegado a seu destino na quarta-feira à noite, o que disparou o alarme entre as autoridades, segundo a agência estatal Antara. Maktub Syarif, membro de uma ONG local, explicou que a distância entre os portos é inferior a 100 quilômetros. Um navio a motor normalmente precisaria de 12 a 14 horas para a viagem. Alguns passageiros levavam telefones celulares, mas as autoridades ainda não conseguiram falar com eles. Os pescadores locais iniciaram tarefas de busca. Na Indonésia, formada por 17.500 ilhas, as precárias infra-estruturas fazem que o transporte por mar seja às vezes o único disponível. Os naufrágios são comuns devido à falta de medidas de segurança e à sobrecarga de passageiros.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.