Navio com 600 passageiros naufraga na Tanzânia

Embarcação cobria a linha entre as ilhas de Unguja e Pemba

Efe, AP e Reuters,

10 Setembro 2011 | 06h40

NAIRÓBI - Um navio com cerca de 600 passageiros naufragou neste sábado, 10, no arquipélago tanzaniano de Zanzibar e há informações ainda desencontradas de que entre 40 e 160 pessoas morreram no acidente e ainda há desaparecidos.

 

Cerca de 230 pessoas foram resgatadas e 40 corpos foram recuperados, disse à agência Associated Press, Mohamed Aboud, ministro do gabinete do vice-presidente do país.

 

O diretor de Comunicação do governo autônomo de Zanzibar afirmou à agência Efe que há "uns 400 sobreviventes". "Ainda não se sabe a causa do naufrágio, mas os sobreviventes dizem que a embarcação foi inundada em questão de minutos.

 

Um dos sobreviventes, Abdullah Saied, disse à AP que a embarcação estava superlotada e alguns passageiros se recusaram a embarcar antes de ela partir do porto de Dar es Salaam.

 

Chunda assinalou que as equipes de resgate seguem trabalhando no resgate das vítimas do acidente, que ocorreu por volta das 2h30 no horário local (20h30 de sexta-feira no horário de Brasília).

 

A embarcação, o MV Spice Islanders, cobria a linha entre as ilhas de Unguja e Pemba, as duas principais do arquipélago de Zanzibar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.