Navio começa a afundar e 1.500 são retirados às pressas

Um cruzeiro com 1.500 pessoas a bordo começou a afundar em frente à ilha grega de Santorini na manhã desta quinta-feira, 5, enquanto equipes de resgate evacuavam os 1.250 passageiros e outros 260 membros da tripulação. De acordo com o Ministério da Marinha Mercante, lanchas, helicópteros e pescadores ajudaram na evacuação do cruzeiro Sea Diamond, a cerca de dois quilômetros da ilha de Santorini.O navio, de 140 metros de comprimento, está sendo rebocado por umferry boat a águas menos profundas para facilitar a operação deresgate, na qual, por enquanto, ninguém ficou ferido, segundo fontesOficiais.Os ocupantes do barco são, na maioria, turistas americanos ecanadenses, retirados depois que o Sea Diamond sofreu uma avaria auma milha náutica de Santorini.De acordo com informações fornecidas pela companhia do navio , LouisCruisers Lines, o capitão enviou uma mensagem de socorro à rádiomercante devido a que começou a entrar água no navio, que sofreu umaacentuada inclinação. Uma guia a bordo do navio afirmou à televisão privada Skai que estavam navegando rumo a Santorini com boas condiçõesmeteorológicas, perto do litoral, quando sentiram um forte golpe,seguido pela inclinação da embarcação. "O resgate foi feito com tranqüilidade e sem pânico", afirmou. Sipros Guinis, vice-presidente da Federação de Turismo grego, assegurou que "a situação está sob controle".O navio fazia uma viagem de quatro dias, navegando do porto dePireo, em Atenas, a várias ilhas gregas e a Kusandasi, na Turquia,para depois retornar pela ilha de Rdas, Creta e Santorini. O Sea Diamond é um cruzeiro de bandeira grega, construído em 1986 e renovado em 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.