Navio da Indonésia encontra sinais de avião desaparecido

Um navio da Marinha da Indonésia captou a presença de metal no chão oceânico, que pode ser um sinal dos destroços de um avião a jato que desapareceu uma semana atrás com 102 pessoas a bordo, afirmou nesta segunda-feira um comandante do alto escalão.Um navio de mapeamento marítimo da Marinha dos EUA, mais sofisticado, que colabora nas buscas pelo Boeing 737, estava se dirigindo para as águas da costa ocidental da Ilha Sulawesi, para fazer uma pesquisa mais detalhada, disse Gatot Sudijanto."Se aquele metal for o que nós estamos procurando, então devemos agradecer a Deus", afirmou, acrescentando que o material foi encontrado em três localidades no raio de vários quilômetros e a uma profundidade entre 1.500 e 2 mil metros.O avião da companhia Adam Air partiu da ilha de Java para Manado, capital da província de Sulawesi Norte, no dia de Ano Novo, mas enfrentou ventos muito fortes e tempestades na metade do vôo de duas horas, que o obrigaram a mudar de rota duas vezes, afirmaram funcionários.O piloto não enviou um sinal de socorro ou informou sobre problemas técnicos antes que o avião saísse do radar na cidade de Majene, na costa ocidental. Sem nenhuma localidade de onde pudessem ter partido sinais de emergência, e que possa servir como referência para os esforços de busca, mais de 3.600 soldados, agentes policiais e voluntários espalharam-se num raio de 80 mil quilômetros quadrados nas florestas montanhosas de Sulawesi e no mar em torno da ilha.A Indonésia afirmou aceitar de bom grado toda a assistência internacional nas buscas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.