Navio 'fantasma' à deriva desde tsunami é afundado a tiros de canhão

Embarcação apresentava perigo a outros navios por não ter energia ou sistema de comunicações.

BBC Brasil, BBC

06 de abril de 2012 | 07h12

A guarda-costeira americana usou tiros de canhão para afundar um navio japonês que ficou à deriva após o tsunami de março do ano passado e foi parar no Alasca.

A embarcação era vista como um perigo para outros navios, já que não tinha tripulação, energia ou sistema de comunicações.

Segundo a guarda-costeira, após o afundamento houve apenas um pequeno vazamento de combustível e os destroços serão recolhidos do mar.

A costa americana deve receber ainda muitos destroços do tsunami no Japão, que estão levados para lá pelas correntes no Oceano Pacífico. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
naviotsunamiafundacanhaoeuajapao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.