Navio francês tenta chegar ao litoral da Faixa de Gaza

O navio francês Karama (dignidade, em árabe) deverá chegar ao litoral da Faixa de Gaza amanhã de manhã, afirmou hoje um ativista que está a bordo da embarcação, Thomas Sommer. O Karama é o último dos navios de uma frota de ajuda humanitária à Faixa de Gaza, que zarpou há algumas semanas da Grécia com destino ao litoral do território palestino, mas foi detida pelas autoridades gregas.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2011 | 18h07

A localização do Karama não pôde ser verificada. "Nós queremos chegar na manhã da terça-feira", disse Sommer. O Karama transporta 16 pessoas, entre ativistas e jornalistas. Os militares de Israel afirmam que interceptarão qualquer navio que tente ultrapassar o cerco marítimo à Faixa de Gaza.

Hoje o Parlamento de Israel (Knesset) puniu uma parlamentar árabe-israelense, Hanin Zoabi, que tomou parte na flotilha de ajuda humanitária a Gaza em 2010. Ela foi suspensa por duas semanas do Knesset. A parlamentar, de 42 anos, estava a bordo do navio turco Mavi Marmara, que em 31 de maio do ano passado foi invadido por comandos israelenses enquanto tentava chegar ao litoral da Faixa de Gaza. Nove ativistas turcos foram mortos no episódio. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.