Navio preso por piratas ia para o Sudão, diz BBC

Os tanques e armamentos russos que estavam num navio capturado por piratas somalis há duas semanas tinha como destino o sul do Sudão, segundo a rede britânica BBC. Há temores de líderes da região - que está em conflito com o norte e o governo central - estejam se armando para retomar a guerra civil, que acabou em 2005. Segundo os russos, a carga do navio iria para o Exército do Quênia. Ontem, os piratas reduziram o valor do resgate, de US$ 20 milhões para US$ 8 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.