Marinha Argentina, via AP
Marinha Argentina, via AP

Navio que ajudou nas buscas do avião da Malaysia procurará submarino argentino 

Embarcação da empresa Ocean Infinity inicia nova operação de busca do submarino com 44 tripulantes amanhã

O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2018 | 18h53

BUENOS AIRES - O navio americano Seabed Constructor fará na sexta-feira, 7, uma nova operação de busca do submarino argentino ARA San Juan, desaparecido desde 15 de novembro com 44 tripulantes a bordo, informou nesta quinta-feira, 6, o Ministério da Defesa.

A embarcação da empresa Ocean Infinity partirá do porto de Comodoro Rivadavia, a 1,8 mil km a sul de Buenos Aires, com uma tripulação que inclui marinheiros argentinos e parentes dos submarinistas.

"Sentimos que é a última oportunidade de encontrá-los. Também esperamos saber o que aconteceu", disse Luis Tagliapietra, pai do tenente Alejandro Tagliapietra, um dos tripulantes, em declarações à rádio Once Diez.

A empresa Ocean Infinity foi a responsável por buscar, sem sucesso, o avião do famoso voo MH370 da Malaysia Airlines, desaparecido em 8 de março de 2014 com 239 passageiros, pouco após decolar de Kuala Lumpur com destino a Pequim.

O governo do presidente Mauricio Macri deu como mortos os marinheiros do San Juan, mas não se sabe o que pode ter acontecido com o submarino.

A Justiça investiga várias hipóteses de falha técnica ocorrida quando perdeu contato a 450 km da costa. Naquele momento, submarino se dirigia para a sua base, na cidade de Mar del Plata (sul de Buenos Aires).

O Seabed Constructor está equipado com câmeras que podem submergir a 6 mil metros de profundidade./ AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.