Navio transportando combustível naufraga no Golfo do México

O navio Orión, da Empresa Naval Mexicana e que transportava 950 toneladas de combustível, afundou em águas do Golfo do México, informou uma fonte oficial que descartou prejuízos ao meio ambiente.A Procuradoria Federal de Proteção ao Ambiente (Profepa) disse em um comunicado que a embarcação "afundou há algumas horas" no Golfo do México, a 289 quilômetros de Puerto Progreso, na península de Yucatán.No domingo, a embarcação apresentou problemas e cinco tripulantes foram resgatados. Outros três continuam desaparecidos.A embarcação "transportava combustível pesado e 15% de diesel conhecido como ´intermediário 15´ entre Tampico e Cancún", informou a Profepa.O procurador de Proteção ao Ambiente, Ignacio Loyola, deu instruções para que, junto com "o trabalho prioritário de busca dos três marinheiros desaparecidos, a região seja estreitamente vigiada para que se detecte qualquer vazamento de combustível que possa prejudicar o meio ambiente", diz o comunicado.Segundo a Empresa Naval Mexicana, a embarcação está hermeticamente selada e não há possibilidades de vazamento, já que a temperatura da água no fundo do Golfo é de 1 grau e solidifica o combustível que está em seus tanques, explicou a instituição, que destacou que as autoridades investigam as causas do naufrágio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.