Navios de guerra do Irã atravessam Suez e vão para Síria

Dois navios de guerra do Irã atravessaram o Canal de Suez e entraram no Mar Mediterrâneo hoje, em uma travessia que não era feita por embarcações iranianas desde 1979. Os dois navios, a fragata Alvand e o navio de suprimentos Kharg, têm como destino um porto na Síria, onde participarão de manobras militares. A travessia levantou preocupações em Israel, que considera a viagem dos iranianos perto do seu litoral uma provocação.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 16h33

"A passagem dos navios faz parte de uma luta mais ampla que o Irã conduz contra o Ocidente, pela hegemonia e controle do Oriente Médio", disse o vice-primeiro-ministro de Israel, Silvam Shalom. "O objetivo da provocação iraniana é sinalizar para os líderes do mundo árabe quem é o novo líder no Oriente Médio", afirmou.

Israel considera o Irã como uma ameaça por causa do programa nucelar da república islâmica. Além disso, o Irã possui um programa de desenvolvimento de mísseis e seus líderes costumam fazer constantes referências à destruição de Israel nos seus discursos. Apesar da retórica carregada, é improvável que Israel tome qualquer ação contra o Irã, uma vez que os dois navios deverão cruzar o Mediterrâneo, rumo ao norte, em águas internacionais.

Mas um importante funcionário do governo israelense disse que o país responderá imediatamente a qualquer "provocação" feita pelos navios iranianos. Segundo ele, a Marinha de Israel está em "alerta máximo". As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãIsraelnaviosSuezSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.