Navios de guerra iranianos já teriam entrado no Canal de Suez

Embarcações seguem para a Síria, para uma suposta missão de treinamento do Irã

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 08h44

CAIRO - Dois navios de guerra do Irã entraram no Canal de Suez na madrugada desta terça-feira, 22, afirmou um informante da agência de notícias Dow Jones. "Os dois navios entraram no canal por volta das 5h45 (0h45 no horário de Brasília)", disse. Uma viagem normal pelo trajeto leva entre 12 e 14 horas.

Os navios estão seguindo para a Síria, supostamente para uma missão de treinamento do Irã. No entanto, Israel acusa o movimento iraniano de provocação, já que, para chegar à Síria, as embarcações terão de passar em frente ao litoral israelense.

A fragata de patrulha Alvand e o navio de apoio Kharg são as primeiras embarcações de guerra iranianas a atravessar o Canal de Suez desde a revolução islâmica de 1979. A agência de notícias Mena, do Egito, afirmou que o pedido do Irã para a passagem dos navios pelo canal dizia que eles não carregariam armas ou materiais químicos nucleares.

O Alvand, de 1,5 mil toneladas, normalmente é armado com torpedos e mísseis, enquanto o Kharg, de 33 mil toneladas, tem uma tripulação de 250 pessoas e instalações para até três helicópteros, de acordo com a agência de notícias iraniana Fars. As duas embarcações foram construídas no Reino Unido durante os anos 1970 para o Irã, que as encomendou antes da revolução islâmica.

Anteontem, após uma semana de reuniões com seu gabinete, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, acusou a chegada dos navios à região como um jogo de poder do Irã. A animosidade entre Israel e Irã vem aumentando durante a presidência de Mahmoud Ahmadinejad. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãnaviosCanal de Suez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.